Movimento Empresa Júnior

LogoBJ

O QUE É UMA EMPRESA JÚNIOR?

Empresa Júnior é uma associação civil, sem fins lucrativos, constituída exclusivamente por alunos de graduação de instituições de ensino superior, que desenvolvem projetos para entidades, empresas e sociedade em geral, nas suas áreas de atuação, sob a orientação de professores e outros profissionais de mercado. Com início na França em 1967 o movimento espalhou-se por tudo o mundo e tem o Brasil como o país que mais tem empresários juniores atualmente. Fazer parte do movimento empresa júnior é estar disposto a se preparar para o mercado de trabalho e para vida de uma forma totalmente inovadora, ao mesmo tempo que complementa sua formação superior e promove o crescimento regional no qual está inserido.

OBJETIVOS DAS EMPRESAS JUNIORES

  • Desenvolver o espírito empreendedor, crítico e analítico do aluno.
  • Complementar a formação teórica do aluno, fornecida pela instituição de ensino superior, com uma aplicação prática.
  • Proporcionar um contato direto com a gestão de uma empresa.
  • Intensificar o relacionamento Empresa / Instituições de Ensino Superior.
  • Facilitar o ingresso de futuros profissionais no mercado.
  • Contribuir para com a sociedade, através do desenvolvimento de estudos, proporcionando aos seus clientes um trabalho de qualidade.
  • Valorizar a instituição de ensino como um todo.
  • Formar novas lideranças empresariais.

O MOVIMENTO EMPRESA JÚNIOR

Iniciado na França em 1967, na faculdade de economia ESSEC (L’Ecole Supérieure des Sciences Economiques et Commerciales de Paris). O Movimento empresa júnior, surge da vontade de se desenvolver o empreendedorismo e da necessidade de se reduzir à distância entre o conhecimento visto em sala de aula e aquele utilizado na, futura, vida profissional dos estudantes, tendo portanto como principal objetivo o enriquecimento da formação pessoal e profissional de seus membros. Como o aluno que trabalha em uma Empresa Júnior não é remunerado, garante-se que ele está trabalhando apenas em prol do aprendizado e de seu crescimento pessoal.

O processo de internacionalização ocorreu em 1986 e hoje existem Empresas Juniores espalhadas por todo o mundo, a exemplo de países tais como Brasil, Portugal, Espanha, Itália, Inglaterra, Eslovênia, Suíça, Alemanha, entre outros. A Europa conta hoje com uma Associação Européia de Empresas Juniores (JADE) e Confederações Nacionais nos respectivos países.

No Brasil, a ideia foi introduzida pela Câmara de Comércio França-Brasil em 1988. As primeiras Empresas Juniores começaram a surgir no final da década de 80 (1988), tais como as Empresas Juniores da FGV (Fundação Getúlio Vargas) e da FAAP (Fundação Armando Álvares Penteado). Com o objetivo de estudar os modelos e estabelecer contatos, ainda em 1989, as empresas de São Paulo ajudaram na fundação da primeira empresa júnior da Bahia, a Empresa Júnior de Administração da UFBA.

Hoje com pouco mais de 9.800 empresários juniores em atividade no país, o Brasil é o país com o maior número destas empresas, superando toda a Europa. As empresas juniores brasileiras estão distribuídas por praticamente todas as áreas do conhecimento, como engenharia, ciências biológicas, ciências sociais, comunicação, psicologia, educação física, matemática, economia, dentre outras, sendo que o curso com o maior número de empresas juniores é o de administração.

Este aumento no número de Empresas Juniores reflete-se na organização destas empresas em órgãos locais e nacionais, a exemplo da fundação da FEJESP (Federação das Empresas Juniores do Estado de São Paulo – a primeira entidade representante de empresas juniores) e a Unijr-BA (Federação da Empresas Júniores da Bahia). Essas federações estaduais, bem como a Confederação Nacional (Brasil Júnior), têm por objetivo assessorar as empresas já estabelecidas e fomentar a criação de novas empresas, garantindo a ética do Movimento. Praticamente em qualquer curso pode-se formar uma Empresa Júnior, basta a iniciativa e força de vontade dos alunos e O apoio da instituição da ensino.

Na UESC a primeira empresa júnior surgiu em 1996, no curso de Administração, Economia e Contabilidade – a Cia Júnior Consultoria. Além desta, hoje a UESC conta com mais 5 empresas juniores, sendo elas a Tecno Júnior, LEA Júnior, Optimus Engenharia Júnior, LIFE Júnior e Rural Júnior.

A cada ano o Movimento Empresa Júnior mostra-se mais organizado, necessário e importante para o desenvolvimento de um Brasil mais empreendedor e com profissionais cada vez mais preparados para mudar não somente sua a realidade da região em que estão inseridos, mas para transformar o nosso país.