Saiba mais!

LogoBJ

O QUE É UMA EMPRESA JÚNIOR?

Empresa Júnior é uma associação civil, sem fins lucrativos, constituída exclusivamente por alunos de graduação de instituições de ensino superior, que desenvolvem projetos para entidades, empresas e sociedade em geral, nas suas áreas de atuação, sob a orientação de professores e outros profissionais de mercado. Com início na França, em 1967, o movimento espalhou-se por tudo o mundo, sendo que o Brasil é o país que mais reúne empresários juniores atualmente. Fazer parte do Movimento Empresa Júnior é estar disposto a se preparar para o mercado de trabalho e para vida de uma forma totalmente inovadora, promovendo também o crescimento regional.

OBJETIVOS DAS EMPRESAS JUNIORES

  • Desenvolver o espírito empreendedor, crítico e analítico do aluno;
  • Complementar a formação teórica do aluno, fornecida pela instituição de ensino superior, com uma aplicação prática;
  • Proporcionar um contato direto com a gestão de uma empresa;
  • Intensificar o relacionamento Empresa / Instituições de Ensino Superior;
  • Facilitar o ingresso de futuros profissionais no mercado;
  • Contribuir para com a sociedade, através do desenvolvimento de estudos, proporcionando aos seus clientes um trabalho de qualidade;
  • Valorizar a instituição de ensino como um todo;
  • Formar novas lideranças empresariais.

O MOVIMENTO EMPRESA JÚNIOR

O Movimento Empresa Júnior surgiu na França, em 1967, na faculdade de economia ESSEC (L’Ecole Supérieure des Sciences Economiques et Commerciales de Paris), a partir da vontade de se desenvolver o empreendedorismo e da necessidade de se reduzir a distância entre o conhecimento observado em sala de aula e aquele utilizado na futura vida profissional dos estudantes, tendo portanto como principal objetivo o enriquecimento da formação pessoal e profissional de seus membros. Como o aluno que trabalha em uma Empresa Júnior não é remunerado, garante-se que ele está trabalhando apenas em prol do aprendizado e de seu crescimento pessoal.

O processo de internacionalização ocorreu em 1986, e hoje existem Empresas Juniores espalhadas por todo o mundo, a exemplo de países como Brasil, Portugal, Espanha, Itália, Inglaterra, Eslovênia, Suíça, Alemanha, entre outros. A Europa, hoje, conta com uma Associação Européia de Empresas Juniores (JADE) e Confederações Nacionais nos respectivos países.

No Brasil, a ideia foi introduzida pela Câmara de Comércio França-Brasil, em 1988. As primeiras Empresas Juniores começaram a surgir no final da década de 80 (1988), tais como as Empresas Juniores da FGV (Fundação Getúlio Vargas) e da FAAP (Fundação Armando Álvares Penteado). Com o objetivo de estudar os modelos e estabelecer contatos, ainda em 1989, as empresas de São Paulo ajudaram na fundação da primeira empresa júnior da Bahia, a Empresa Júnior de Administração da UFBA.

Hoje com pouco mais de 9.800 empresários juniores em atividade no país, o Brasil é o país com o maior número destas empresas, superando toda a Europa. As empresas juniores brasileiras estão distribuídas por praticamente todas as áreas do conhecimento, como engenharia, ciências biológicas, ciências sociais, comunicação, psicologia, educação física, matemática, economia, dentre outras, sendo que o curso com o maior número de empresas juniores é o de administração.

Este aumento no número de Empresas Juniores reflete-se na organização destas empresas em órgãos locais e nacionais, a exemplo da fundação da FEJESP (Federação das Empresas Juniores do Estado de São Paulo – a primeira entidade representante de empresas juniores) e a Unijr-BA (Federação da Empresas Júniores da Bahia). Essas federações estaduais, bem como a Confederação Nacional (Brasil Júnior), têm por objetivo assessorar as empresas já estabelecidas e fomentar a criação de novas empresas, garantindo a ética do Movimento. Praticamente em qualquer curso pode-se formar uma Empresa Júnior, basta a iniciativa e força de vontade dos alunos e O apoio da instituição da ensino.

Na UESC, a primeira empresa júnior surgiu em 1996, no curso de Administração, Economia e Contabilidade – a Cia Júnior Consultoria. Além desta, hoje a UESC conta com mais 5 empresas juniores, sendo elas a Tecno Júnior, LEA Júnior, Optimus Engenharia Júnior, LIFE Júnior e Rural Júnior.

A cada ano o Movimento Empresa Júnior mostra-se mais organizado, necessário e importante para o desenvolvimento de um Brasil mais empreendedor e com profissionais cada vez mais preparados para mudar não somente sua a realidade da região em que estão inseridos, mas para transformar o país.

 

SOBRE A CIA JÚNIOR CONSULTORIA

Missão:

“Promover um ambiente de vivência empresarial e formar profissionais capazes de transformar a sociedade.”

Visão:

“Desenvolver o capital intelectual e realizar serviços de qualidade para conquistar a região de Ilhéus – Itabuna.”

Valores: União | Reconhecimento | Profissionalismo | Resiliência | Pertencimento | Transformação | Amor pelo que faz.
CIA JÚNIOR CONSULTORIA - LOGOTIPO

O início de tudo

Aos dezesseis dias do mês de abril de 1996, no Campus da Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC, foi realizada a Assembleia Geral formada por 199 alunos e professores dos cursos de Administração e Economia, fundando assim a ADEC Consultoria Júnior, atualmente conhecida como Cia Júnior Consultoria.

No período em que esteve representada por Cezar Menezes Almeida, a Cia Júnior Consultoria teve participação ativa da fundação da Federação de Empresas Juniores da Bahia UNIJr-BA, em 1999, que teve nosso presidente como o primeiro presidente da federação. Nos anos seguintes, a empresa manteve participação de seus membros na Diretoria Executiva da UNIJr-BA durante os anos de 2004, 2005, 2006 e 2008. Outros membros assumiram cargos na diretoria executiva e embora não tenhamos membros neste cargos todos os anos, estamos sempre próximos e atuantes de várias formas. No ano de 2004, a Cia Júnior esteve com uma das maiores delegações na Conferência Mundial de Empresas Juniores – COMEJ e no VI Encontro de Empresas Juniores (EEJ) do Estado da Bahia.

Nos anos de 2007 e 2008, a Cia Júnior enviou seus membros ao Encontro Nacional das Empresas Juniores (ENEJ), promovendo assim para a Cia Júnior Consultoria o desenvolvimento através de capacitação, networking e benchmarking. Além de participar da organização do EEJ-BA 2008.

A empresa júnior como vemos hoje nasceu em 2012, com a adesão do curso de Ciências Contábeis ao nosso time, tornando a Cia Júnior Consultoria a empresa júnior dos cursos de Administração, Ciências Econômicas e Ciências Contábeis da UESC.

 

Grandes realizações

Ao falarmos sobre Projetos, a Cia Júnior Consultoria se destaca como referencial no MEJ Baiano, pois com o projeto de “Cursos de Capacitação para Empresários do Salobrinho”, foi a primeira Empresa Júnior a receber o Prêmio Social da UNIJr-BA (PSU) no ano de 2004. Este projeto ficou marcado na história da empresa, pois foi o único case apresentado para todos os participantes do VI Encontro Estadual de Empresa Júnior (EEJ), realizado em Feira de Santana/BA.

Indo um pouco mais a fundo nos projetos já desenvolvidos, podemos identificar os bons resultados já alcançados por gestões na Cia Júnior Consultoria. Desenvolvemos o Projeto AME, em parceria com a UESC e a Prefeitura de Itabuna/BA. Este projeto tinha como objetivo primordial a qualificação da população carente deste município, bem como tornar acessível o mercado de trabalho. No MEJ, este projeto foi tão divulgado que chegou a ser apresentado no IX Colóquio de Empresa Júnior em São Paulo/SP.

A Cia Júnior Realizou em 2003 aquele que é considerado até hoje, o melhor encontro de empresários juniores – o V EEJ/BA. Este evento teve participação recorde de empresários juniores, chegando a pouco mais de 600. Foi nele também que ocorreu a primeira reunião da Confederação de Empresa Júnior – Brasil Jr, recém criada.

Em 2005 a Cia Júnior Consultoria apresentou um projeto que, com certeza, trouxe mais credibilidade para a empresa frente à comunidade local, acadêmica e claro ao Movimento de Empresa Júnior. Chegamos a lançar a Revista Científica Perfil Organizacional, pioneira na região e no MEJ, tornando a Cia Júnior à primeira empresa júnior a lançar uma revista científica.

No ano de 2008, a Cia Junior Consultoria conquistou o “Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresa 2008”, na categoria Serviços, em disputa que envolveu 3.279 empresas inscritas na Bahia. Em 2009, promoveu o I Seminário Baiano de Gestão em Saúde. Em 2010, organizou alguns eventos na Universidade, como: “O I Fórum de Empreendedorismo e Inovação: Gestão para a Sustentabilidade e I Colóquio Internacional de Administração Pública, Desenvolvimento e Inovação”.

Além disso, manteve sua representatividade no MEJ através da Coordenadoria de Programação do ENEJ BAHIA e da apresentação do Case: “Universidade e Empresa Júnior: Estruturando relacionamentos e obtendo resultados efetivos”, no EFEJ 2010.
Em 2011, a empresa é classificada no TOP 5 da Perspectiva – Pessoas do SMD (Sistema de Medição de Desempenho) da Brasil Júnior. Ainda nesse ano, foi aprovado o case: “Qualidade de Vida: Da satisfação dos Colaboradores ao Alcance de Resultados no ENEJ SIGMA”, em Foz do Iguaçu.


“A cada ano, novos membros assumem a direção desta empresa com a missão de continuar escrevendo a nossa história.”